Mundolino

“Mundolino” é um espetáculo infantil concebido a partir do livro “Lino” de André Neves, que propõe um olhar para as relações humanas a partir de seres não humanos.

Um boneco de pelúcia se vê entre outros bonecos em uma loja antiga de brinquedos. Os dias correm iguais e Lino conversa e brinca com todos mas eles lhe parecem cansados da loja, e um tanto inanimados, até o dia em que um boneco chamado Lua surge inesperadamente na loja, e os dois se olham desconfiados até virarem grandes amigos. Brincam, correm, Lino lhe apresenta sua nova casa, a loja, que possui seu próprio escorregador de desaparecimento, e a regra mais importante, nunca ser visto andando pela dona da loja, até o dia que Lua desaparece e Lino conhecerá então a saudade.

A Cia A DitaCuja com inspiração na obra de André Neves, busca trazer ao público infantil uma história de amizade, de cumplicidade e de perdas e saudade, fazendo um paralelo com o processo de crescimento da criança, descobrindo com o passar de seu crescimento, sentimentos novos como a saudade e tendo que aprender a lidar com ela. Lino e Lua grandes amigos que são distanciados a força, a saudade da perda surge dentro do coração de Lino e a lembrança de uma linda amizade.

Lino, um boneco carismático, conversa e brinca com todos mas eles lhe parecem cansados da loja em que vivem, e um tanto inanimados, até o dia em que outro boneco chamado Lua surge inesperadamente. Os dois se olham desconfiados até virarem grandes amigos. Brincam, correm, Lino lhe apresenta sua nova casa, a loja, que possui seu próprio escorregador de desaparecimento, e a regra mais importante, nunca ser visto andando pela dona da loja, até o dia que Lua desaparece, e Lino então conhecerá a saudade.

Gênero: Drama

Modalidade: Teatro Infantil

Duração: 50 minutos

Classificação: Livre. Conteúdo livre para todas as idades.

Texto original: André Neves

Criação e direção: Cia A DitaCuja

Elenco: Michelle Maria, Kerem Apuk e Keytielle Mendonça

Técnica: Flávio Racy

Preparação Corporal: Michelle Maria

Cenografia: Flávio Racy

Figurinos: Zezé Cherubini

Objetos de cena: Anália Maria Foresto e Flávio Racy

Desenho de luz: Flávio Racy

Trilha sonora: Cia. A DitaCuja

Produção executiva: Flávio Racy

Realização: Cia. A DitaCuja

Fevereiro/2016 – Apresentações de estreia no Sesc RP – Ribeirão Preto/SP

Março/2016 – Temporada na Casa das Artes- Ribeirão Preto/SP

Abril/2016 – Temporada na Casa das Artes – Ribeirão Preto/SP

Julho/2016 – Teatro Santarosa – Ribeirão Preto/SP

Agosto/2016 – Mostra E(x)Tirpe – Teatro Contadores de Mentira – Suzano/SP

Abril/2017 – Teatro Municipal de Bebedouro – Bebedouro/SP

Abril/2017 – Apresentações na Casa das Artes – Ribeirão Preto/SP

Agosto/2017 – Teatro Santarosa – Ribeirão Preto/SP

Setembro/2017 – Fundação Cultural de Jacareí – Jacareí/SP